terça-feira, 21 de março de 2017

Portal Teologia & Missões

* Abimeleque - Juízes 9


Abimeleque foi o filho de Gideão. Esse nasceu de uma concubina que viera de Siquém (Jz 8.31). Logo depois da morte desse renomado juiz, os israelitas novamente voltaram a adorar Baal e recusaram-se a demonstrar qualquer consideração pela sua família e pelos seus descendentes (Jz 8.34,35). Abimeleque então voltou para Siquém, a cidade de sua mãe, e conseguiu apoio (Jz 9.). 

Com o dinheiro  que lhe deram, contratou alguns bandidos que assassinaram 70 dos filhos de Gideão, menos Jotão, o menor de todos. Ele então governou sobre Israel por três anos (Jz 9.22); algum tempo depois, "enviou Deus um espírito mau entre Abimeleque e os cidadãos de Siquém, os quais procederam aleivosamente contra Abimeleque, para que a violência praticada contra os setenta filhos de Jerubaal, como também o sangue deles, recaíssem sobre Abimeleque" (Jz 9.23,24). Como os cidadãos da cidade rebelaram-se contra ele, esse filho bastardo de Gideão e suas tropas derrotaram a cidade numa batalha e em seguida marcharam contra a localidade mais próxima,Tebes. Exatamente quando parecia que derrotariam também essa outra cidade, uma mulher, escondida numa torre fortificada, atirou uma pedra de moinho na cabeça de Abimeleque (Jz 9.53; 2 Sm 11.21). Envergonhado por ser derrotado por uma mulher, pediu ao seu próprio escudeiro que o matasse. 

O escritor de Juízes acrescenta que dessa maneira Deus trouxe juízo tanto sobre Abimeleque, por ter matado 70 dos seus irmãos, como também sobre os siquemitas, por sua rebelião original contra a casa de Gideão (Jz 9.56,57). 

Livro: Quem é Quem na Bíblia Sagrada. 

✔ Comentários Bíblicos Selecionados:

A história de Abimeleque em Juízes 9 é muito densa e está cheia de detalhes significativos que fazem muita diferença. 


Veja alguns:

1. Siquém Tão logo Gideão foi enterrado, Abimeleque foi a Siquém para tentar induzir seus parentes, que haviam sido proeminentes cidadãos da cidade, a ajudá-lo a obter a mesma autoridade que seu pai exerceu (CBASD  vol. 2, p. 370).

2. Sou osso e carne vossa É possível deduzir, destas palavras, que a mãe de Abimeleque e sua família fossem cananeias. Explicaria a adoração de Baal-Berite em Siquém, velha cidade cananeia, e a facilidade daquele malandro conseguir a simpatia do povo local (Bíblia Shedd), carvalho memorial Cf. Js 24.26. Lugar de longa adoração sagrada (cf. Gn 35:4), dando à proclamação do reinado de Abimeleque um cunho religioso (Bíblia Shedd).

4. Casa de Baal-Berite. Enquanto Gideão iniciara a carreira mostrando a futilidade da adoração a Baal, seu filho Abimeleque começa com uma doação do templo de Baal e com o assassinato de todos os seus irmãos. Esse é o resultado final da poligamia, ambição e falta de religiosidade. Há pouca afeição e muito ciúme nas famílias polígamas (CBASD, vol. 2, p. 370).

5. matou seus irmãos Era desta forma que os usurpadores asseguravam o trono; uma pessoa que não tinha direito ao trono eliminava todos os que possuíam esse direito, para que não houvesse competidores. Os déspotas antecipavam as conspirações e matavam todos os seus irmãos e parentes mais próximos (CBASD, vol. 2, p. 370).

Estes meio irmãos herdaram as propriedades e liderança de Gideão. Abimeleque não compartilhara a herança porque a sua mãe era uma concubina (comparar 11:1-2). Sem dúvida alguma ele estava enciumado. Então ele apelou para os parentes siquemitas para ajudá-lo a eliminar os seus irmãos para que ele pudesse assumir a liderança e transferi-la para Siquém. Isto demonstrou extrema ingratidão à família de Gideão, o libertador de Israel (8:35) (Andrews Study Bible).


Jotão Literalmente, “Yahweh é perfeito”. O fato de Gideão ter escolhido esse nome para seu 70º filho indica que permaneceu um crente fiel ao Senhor apesar da estola sacerdotal que fizera (CBASD, vol. 2, p. 370).


6. proclamaram Abimeleque rei Esta foi a primeira experiência de reinado israelita, muito antes do rei Saul (1 Sm. 8-11). O fato de ter ela sido desastrosa deveria ter ensinado aos israelitas que um reinado humano não era uma boa ideia (Andrews Study Bible).

8. Ungir para si um rei Jotão estava familiarizado com o desejo do povo de ter um rei, não apenas para ser como as nações vizinhas, mas porque reconheciam que os frequentes reveses nas mãos dos inimigos se deviam a falhas na forma de liderança, enquanto que seus sofrimentos [na verdade] eram consequência de sua apostasia (CBASD, vol. 2, p. 371).

14. espinheiro Nada produzia de valor; pelo contrário, ameaçava a lavoura, afogando as plantas novas (cf. Mt 13.7) (Bíblia Shed).

15. Debaixo de minha sombra baixa e quase sem madeira ou folhagem, pouquíssima sombra podia oferecer (Bíblia Shed).
Com seriedade, o tolo espinheiro faz um convite absurdo. Os galhos baixos não proporcionam sombra e são cheios de espinhos. É uma ironia mordaz. Representa o absurdo da situação em que se encontram os siquemitas. Jotão diz ao povo que Abimeleque não pode lhes proporcionar mais proteção que a sombra e proteção que o arbusto de espinheiro pode prover à oliveira e à figueira. Era a promessa sem possibilidade de cumprimento (CBASD, vol. 2, p. 372), saia do espinheiro fogo. Os espinheiros se constituíam em causa constante de incêndios porque se inflamavam com facilidade, e o fogo se espalhava rapidamente (Êx 22:6; cf. Sl 58:9; Is 9:18). … Esse é o resumo da moral da parábola: homens fracos, inúteis e perversos serão sempre os primeiros a se lançar ao poder, e, no final, trarão ruína sobre si e sobre as pessoas infelizes sobre as quais presidiram 
(CBASD, vol. 2, p. 372).

24. vingança. Como a ira de Deus impõe sua justiça (Rm 1.18), o pecado do assassínio dos inocentes filhos de Gideão não podia deixar de ser punido. A lei de Deus é: “Como Ele fez, assim lhe será feito” (Lv 24.19). Somente por Cristo, que pagou nossa culpa, escapamos à terrível vingança de Deus sobre nossos pecados (Rm 3.23-25) (Bíblia Shed).

25. Puseram … de emboscada. Possivelmente Abimeleque residiu em Ofra depois de ter eliminado seus irmãos. Os homens de Siquém, insatisfeitos, armaram emboscadas esperando capturar Abimeleque quando estivesse escoltado por poucos homens. Enquanto aguardavam sua vítima, os impiedosos homens que formavam a emboscada assaltavam a todos os viajantes e caravanas que passavam por ali. Na região rural logo se formou uma situação de insegurança que prejudicou o prestígio e a popularidade de Abimeleque (CBASD, vol. 2, p. 373).

27. saíram ao campo. No fim do verão (nosso mês de outubro) se celebrava a grande festa do Ano Novo entre os cananeus, e a Festa dos Tabernáculos entre os hebreus. Esta última, sob influência dos cananeus, substituiu a Páscoa, como a grande festividade popular, até as reformas realizadas por Ezequias e Josias (2 Rs 23.12ss; 2 Cr 30.1ss) (Bíblia Shed).

28. Zebul o seu oficial “Não estamos sendo governados por Abimeleque”, ele disse, “mas por Zebul, seu subalterno”.  (CBASD, vol. 2, p. 374).
filho de Jerubaal Gaal, astutamente, traça a linha de Abimeleque pelo pai, ao invés da mãe, natural de Siquém. … Gaal se apresenta como defensor da velha religião cananéia (Bíblia Shed).


30. Zebul, governador da cidade, Abimeleque não fez de Siquém a sua capital, mas sim a cidade de Arumá (41), maior que a primeira; quem governava a Siquém era Zebul, seu delegado. Zebul, com suas forças armadas, serviu de “quinta coluna” contra os planos de Gaal (Bíblia Shed).

36. desce gente das colinas. A astúcia de Zebul é notável. O plano sugerido a Abimeleque (32, 33), suas palavras proferidas para acalmar a suspeita d Gaal e, finalmente o desafio, “Saí, pois, e peleja contra ele” (38), diante do qual Gaal teria de lutar ou ficar completamente humilhado, revelavam a inteligência de Zebul (Bíblia Shed).

42. Saiu o povo. Pressupõe que o assunto ficava encerrado depois da conquista de Gaal e suas forças, mas Abimeleque ainda quis reprimir ao povo de Siquem (Bíblia Shed).

43. e os feriu. É difícil compreender como os habitantes de Siquém ingenuamente creram que Abimeleque estaria satisfeito com o banimento de Gaal e que sua vitória inicial não seria seguida por um ataque à cidade (CBASD, vol. 2, p. 376).

45. Semeou de sal. Era prática, na antiguidade, que assegurava a desocupação da área por muito tempo, sendo, por este rito, amaldiçoada e tornada improdutiva. Siquém só veio a ser edificada de novo durante o reinado de Jeroboão, um século e meio mais tarde (Bíblia Shed).

49. e queimaram. A profecia de Jotão foi cumprida literalmente. Saiu fogo do espinheiro-rei e destruiu o povo de Siquém (v. 20) (CBASD, vol. 2, p. 376).

53. Pedra superior de moinho Lit “pedra a cavalgar”, com cerca de 6 cm de grossura e 50 cm de diâmetro. Moer era uma tarefa das mulheres (Bíblia Shed).
Quebrou o crânio. A palavra para “crânio” aqui é gulgoleth, de onde vem Gólgota, local onde Jesus foi crucificado
 (CBASD, vol. 2, p. 377).

54 Mata-me. Uma desgraça que a todo custo se devia evitar seria a de morrer por mão de mulher (4.21n).

Para que não se diga de mim Abimeleque, momentos antes de sua morte, considerou o que as pessoas pensariam de sua vida, porque essa é a base na qual a posteridade julga uma pessoa. Os assuntos a que as pessoas são mais sensíveis muitas vezes não são os que mais importam. Aqueles que cultivam apenas o orgulho e a ambição normalmente morrem como vivem: mais preocupados com que a reputação seja preservada do que em salvar sua alma da destruição
 (CBASD, vol. 2, p. 377). O moço o atravessou. O primeiro homem que procurou reinar sobre Israel e o primeiro rei, Saul, quiseram morrer do mesmo modo (ver I Sm 31:3, 4) (CBASD, vol. 2, p. 377).

56. Deus fez tornar. A mão de Deus tornou a maldição de Jotão (cf v 20) uma realidade. O escritor inspirado não se preocupa com as causas secundárias, sendo que as causas primárias e finais são controladas por Deus (Bíblia Shed).

Estas palavras apresentam a moral de todo o registro. O autor cria profundamente que Deus controla os eventos históricos, punindo tanato os crimes nacionais quanto os individuais. O assassino dos filhos de Gideão “sobre a rocha” é morto por uma pedra que atingiu sua cabeça, e os ímpios siquemitas, que, com a ajuda de Abimeleque, haviam utilizado o dinheiro do templo para contratar assassinos de homens bons, foram queimados no mesmo templo. A maldição de Jotão foi completamente cumprida. 


Fonte: Reavivados por Sua Palavra 

Portal Teologia & Missões

About Portal Teologia & Missões -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :