"Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando a algum lucro; antes, em Cristo falamos diante de Deus com sinceridade, como homens enviados por Deus".
2 Coríntios 2.17


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

* Você é Um Escravo / Paul D. Washer

Você é Um Escravo - Paul David Washer 
VOCÊ É UM ESCRAVO 
Romanos 1:1


Agora Paulo apresenta a si mesmo aqui. “Paulo, o apóstolo” – usava isso mais que qualquer homem já tenha usado na história do mundo, e ainda assim, vejamos a maneira que ele se auto descreve. Ele diz: “Paulo, servo” Ele diz: “Querem saber quem eu sou? Sou um servo” Da palavra grega (doulos), que significa “escravo”. “Eu... sou... um escravo”. Agora, vamos parar aqui por um momento.



Se alguém lhe pedisse em um jogo de palavras, para você escolher uma palavra que lhe auto identificasse, qual seria a primeira palavra, a proeminente palavra que viria em sua mente? “Escravo” seria essa? Preciso ir mais longe? Preciso fazer mais perguntas? Preciso dizer outra palavra? Se você unicamente agarrasse firme, se eu unicamente agarrasse firme o que acabo de dizer. Encontraríamos tanta cura, tanto crescimento e tanto poder na vida Cristã.


Você entende? O que primeiro vem a sua mente é provavelmente o que mais você pensa a cerca de si mesmo e que lhe controla. “Bem, eu sou isto, ou sou aquilo, tenho este ou aquele título”. E por fim, nenhuma dessas coisas deveria trazer alegria, nenhuma dessas coisas deveria trazer prazer. Elas podem trazer prestígio, o respeito dos homens e tantas outras coisas, mas não trazem nada de Deus. Lembre-se que essas coisas que são altamente estimadas pelos homens, muitas vezes são desprezadas por Deus.



Minha pergunta a você, se alguém dissesse: “Quem é você?” A primeira palavra que viria em sua mente e que sairia de sua boca, seria: “Eu sou um escravo”? 


Agora, eu tenho definições sobre “escravo”. Antes de tudo, é aquele que pertence completamente ao seu dono, e cuja vida inteira é moldada pela vontade de seu mestre. 



Agora, vamos parar novamente. Sei que isso é simples, pode parecer banal. Não haverá recompensa por isso. Mas, apenas pense sobre estas simples palavras. Você poderia se descrever como alguém que completa e totalmente pertence a alguém? E, cuja vida é completa e totalmente moldada pela vontade de um mestre? Agora, você entende. Você poderia passar anos aqui, não poderia? Absolutamente anos aqui.


“Quem é você Paul Washer?” “Oh, eu sou um pregador; sou um diretor; sou isso; sou aquilo”. Tudo isso é sem valor. Títulos dos homens. A primeira coisa que deveria vir a minha mente: “eu sou um escravo”. Total e completamente eu pertenço a outro, não a mim mesmo. Eu fui comprado por um preço. E a minha vida inteira é moldada pela vontade dAquele que me comprou. 



Agora quero que você saiba que a Bíblia nos ensina que você. Bem, deixe-me colocar desta forma. Eu odeio citá-lo, mas vou, Bob Dylan. Em seus anos cristãos, “chamados anos cristãos”, ele escreveu uma música, e a música dizia isto: “Você deve servir alguém”. Você percebe, não é uma questão de: “Você se tornará um escravo?”. A questão é apenas: “De quem você é escravo?” Você é escravo de algo! 

Na realidade, nossa cultura precisa entender que aqueles que hoje se declaram serem os mais livres, os mais autônomos, são na verdade aqueles que estão em maior grau de escravidão. Você é um escravo. Você é! A única pergunta é: de quê?

Fonte: Reforma Radical 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS