"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



segunda-feira, 25 de agosto de 2014

* Suzy Dias / Devocionais


Suzy Dias de Paula, professora de educação infantil, música, casada com Reginaldo de Paula, mão de 3 filhos, da cidade de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. 

    


                  Para Que Precisamos de Fé?               


Pra que precisamos de fé? Me fiz essa pergunta outro dia, depois de conversar rapidamente com um ateu. Primeiro devemos saber o que é fé. 
Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11,1.
Segundo o apóstolo Paulo, quando temos certeza de que algo que queremos ou esperamos irá acontecer e de que aquilo que não vemos realmente existe, isso é fé. Simples assim. Mas, pra que precisamos de fé? Por que crer em algo que com nossos olhos carnais não conseguimos ver? Por que apesar de tudo ser contrário, ainda deveríamos acreditar que algo que nós queremos muito irá, de fato, acontecer? Pergunto isso, porque um ateu consegue viver sem fé nenhuma... será? Eu creio que não. Mas vamos por partes. Quero começar falando sobre ter convicção de algo vai acontecer, ou seja: ter esperança. A fé e a esperança andam de mãos dadas. Pode se ter esperança sem ter fé em deus nenhum, mas todo aquele que tem fé, necessariamente precisa ser alguém esperançoso, porque ter  fé é crer naquilo que não se vê!  Confuso? Vou ilustrar pra você:
E uma mulher, que tinha um fluxo de sangue, havia doze anos, e gastara com os médicos todos os seus haveres, e por nenhum pudera ser curada,
Chegando por detrás dele, tocou na orla do seu vestido, e logo estancou o fluxo do seu sangue.
E disse Jesus: Quem é que me tocou? E, negando todos, disse Pedro e os que estavam com ele: Mestre, a multidão te aperta e te oprime, e dizes: Quem é que me tocou?
E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.
Então, vendo a mulher que não podia ocultar-se, aproximou-se tremendo e, prostrando-se ante ele, declarou-lhe diante de todo o povo a causa por que lhe havia tocado, e como logo sarara.
E ele lhe disse: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou; vai em paz. Lucas 8,43-48
Vamos imaginar um pouco o enredo por trás dessa cena, temos aqui uma mulher que menstruava a 12 anos, pela lei da época ela não poderia conviver com outras pessoas nem sair de casa. Será que era casada? A bíblia não nos conta, mas imaginemos que fosse, seu marido não poderia de jeito nenhum tocar nela e com certeza já devia ter outra esposa, pois a mulher com fluxo não poderia ter relações com ele, provavelmente isso era motivo de desprezo por parte de seu próprio marido e de outras pessoas da família. Mas naquele dia aquela mulher ouviu falar que Jesus estava passando próximo a sua casa para atender a um pai desesperado. Então ela sai de casa, mesmo não podendo, ignora as pessoas na rua que se escandalizaram ao ver a "impura" andando na rua, e seguiu a multidão que acompanhava Jesus.

Mesmo sem ser permitido ela toca as pessoas da multidão para abrir caminho, mas era muita gente, então ela se joga ao chão tendo toda a esperança, convicção e FÉ, de que se, simplesmente conseguisse tocar as vestes de Cristo, seria curada, e foi o que fez. Jesus quando sentiu o toque dela na sua roupa percebeu que de si havia saído: VIRTUDE. Isso quer dizer que além da cura que aquela mulher recebeu, ela naquele momento recebeu a sua dignidade de volta, ela deixou de ser uma impura, porque teve fé pra fazer aquilo que ninguém aprovaria, que era parar de se lamentar por sua situação e ir atrás daquele que podia mudar sua vida, lhe devolvendo não só a saúde física mas a dignidade de voltar a andar na rua, tocar as pessoas e seu marido. A fé dessa mulher impressionou até o próprio Jesus.

Quantas pessoas conhecemos assim? Que vivem anos de sofrimento, de dor, de angústia. Pessoas que aos poucos vão perdendo a esperança e esquecendo-se da fé. Digo esquecendo porque muitas pessoas desesperançosas se dizem cristãs, ainda creem que Cristo é o filho de Deus e que realizou tudo o que a Bíblia conta , mas não conseguem sequer ter esperança de que um dia o sofrimento vai passar e a vida vai melhorar. Não estou aqui pregando o Positivismo, Positivismo esse que tem entrado em algumas denominações, mas quero que você tenha fé. Pra quê? Pra não perder as esperanças.

Os problemas as vezes são muito grandes, quase intransponíveis, mas tendo fé naquele que TUDO suportou você encontrará forças para não desistir. Sempre há uma solução , e se não houver, devemos lembrar que existe alguém muito maior do que nós, e que tudo sabe, capaz de se importar com alguém tão insignificante como nós. E como já expliquei aqui, enquanto o sol nascer e abrirmos nossos olhos pela manhã, já é motivo suficiente para continuarmos. Tenha fé, você precisa de fé, você sem fé irá desistir, irá sentir sua esperança se extinguir aos poucos, não permita isso. Ore, louve, jejue e quando não suportar peça socorro a Deus. Ele nunca despreza um coração quebrantado e cheio de fé. Deus abençoe.





Divisão

Olá amados e amadas! Nesses últimos dias meu coração tem se inquietado com uma situação comum dentro de vários ministérios: a divisão. Mas primeiro, vamos ler um texto bíblico:
Trouxeram-lhe, então, um endemoninhado cego e mudo; e, de tal modo o curou, que o cego e mudo falava e via. E toda a multidão se admirava e dizia: Não é este o Filho de Davi?Mas os fariseus, ouvindo isto, diziam: Este não expulsa os demônios senão por Belzebu, príncipe dos demônios. Jesus, porém, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá. Mateus 12:22-25
Quero que você observe bem a afirmação de Jesus: Todo o reino dividido contra si mesmo é devastado; e toda a cidade, ou casa, dividida contra si mesma não subsistirá. Naquele momento o Senhor se referia somente ao reino de Satanás. Certo? Errado? Eu entendo que não, pois ele afirmou que "Todo reino...toda a cidade, ou casa" não poderá subsistir se estiver simplesmente: dividida. 

O que tenho visto em muitas igrejas, ministérios de dança, de louvor é 

exatamente isso: di-vi-são. Onde na verdade, deveria haver um grupo agindo em união, ajudando e suportando uns aos outros, acabamos vendo um duelo de egos. Muita arrogância disfarçada de "santidade", muito orgulho, muita fofoca, e pequenas "panelas" formadas por aqueles que tem mais "afinidade". 

É difícil conviver, entrar em acordo, pois todos nós somos diferentes, mas no meio de todas essas diferenças, devemos lutar por aquilo que temos em comum: o Reino. Amar o Reino de Deus, amar servir a Deus, servir com prazer, servir buscando a recompensa que vem do alto, no sentido vertical, e não de baixo, no sentido horizontal. Entendeu? Eu explico.

Quando você serve em algum ministério e espera elogios, reconhecimento e aplausos, você está buscando recompensa terrena. Mas quando você serve em um ministério pelo simples fato de amar o que você faz e especialmente porque você entende que é um privilegiado de poder fazê-lo para Deus...ah... a sua recompensa não está aqui nessa terra, não depende da aprovação humana, mas você quer ser aprovado pelo Senhor, então você está no caminho certo. 

O problema é que em grupos de obreiros, de louvor, de dança e outros, nem sempre todos estão focados em agradar a Deus, em contrapartida, os que estão empenhados em servir a Deus do jeito certo, acabam se frustrando, desanimando e até se irritando com seus colegas de grupo, gerando a divisão. O resultado disso é mais frustração, discussões, brigas, fofocas e por fim, alguém sempre acaba abandonando o grupo. É triste mas é assim. Como mudar isso? Creio que só com a ajuda do nosso amado Espírito Santo, orientar-se pela palavra de Deus e ter uma vida de oração, vigilância (da própria vida) e jejum, quanto mais nos aproximamos de Deus melhor nos tornamos, melhor nos relacionamos, melhor suportamos. 

Todo grupo que se divide não pode subsistir. Então não quebre, una. Não espalhe, junte. Não faça fofocas, tenha conversa do tipo: olho no olho. 
Voltarei nesse assunto detalhando melhor em outro momento, mas deixo pra você a dica que está em Amós 3:3
Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? 
Nem dois, nem três, nem dez, nem trinta, nem cem poderão andar juntos se não estiverem em acordo.
Deus abençoe.







INCONSTÂNCIA


O ser humano é inconstante por natureza, pois nem sempre sabemos o que queremos. Normalmente isso piora na vida adulta. Lembro de quando era criança, tinha certeza que queria ser professora, que iria me casar e ter uma filha chamada Marilha.

Mas as coisas mudam, os interesses mudam, o mundo nos oferece de tudo, coisas ruins, coisas boas. Pessoas passam por nossas vidas, umas por pouco tempo e outras para ficar para sempre... Mudamos de cidade, de emprego, de sonhos, de amores, de deus. E cada vez que algo novo atravessa nosso caminho repensamos nossas decisões anteriores, pensamos no que poderíamos ter feito diferente... Todos nós somos assim, é normal.

Mas por que o Senhor não quer que sejamos inconstantes, que fiquemos mudando de ideia o tempo todo? Geralmente tomamos decisões erradas por falta de sabedoria, conhecimento ou por impulsividade. Quando nos falta conhecimento podemos fazer um empréstimo ou uma compra com juros abusivos e nos arrepender amargamente depois. Erramos quando, impulsivamente agimos, sem pensar, de forma passional ou violenta. Mas para evitarmos isso tudo devemos ter sabedoria, sabedoria dada por Deus. Pedí-la a Ele sem medo, pois Ele dá.

E a sabedoria do Senhor nos fará repensar cada passo a ser dado, e nos fará ter certeza de que outras decisões acertadas eram certas mesmo. Tirando de nós a inconstância de viver olhando para o passado, querendo mudá-lo, sendo que é impossível. Não seja inconstante, entenda que não há como mudar o passado, mas o futuro sim. Peça sabedoria ao Senhor para as decisões futuras e tenha certeza, Ele dará. Claro, se você pedir sem duvidar.

Deus abençoe.

E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.
Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.Tiago 1:5-8 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

💪 Nós aprendemos com Jesus que a verdadeira masculinidade não é simplesmente manter nossos narizes limpos e nossa casa em ordem. A verdadeira masculinidade significa enxergar além de nós mesmos para amar nosso próximo – e nosso próximo é qualquer um que encontramos em necessidade. O homem de verdade livremente doa seu tempo, recursos, atenção, energia e apoio emocional para aqueles que precisam, sem se preocupar em como eles podem retribuir. Seja você casado ou solteiro, se você não está servindo ao seu próximo abnegadamente e sacrificialmente, você não está exercendo completamente a masculinidade bíblica.

Phillip Holmes



Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo


-

OREM PELOS CRISTÃOS

OREM PELOS CRISTÃOS