segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Portal Teologia & Missões

*Comunicação & Boa Convivência / Companhia da Fala

Comunicação e Boa Convivência


Cada vez mais pessoas percebem que a felicidade não depende de dinheiro, fama e poder. A felicidade depende em grande parte do autoconhecimento, ações e reações equilibradas, atitudes e escolhas corretas.
O bom humor e a boa convivência com a família, com os amigos ou no trabalho tornam a vida mais leve para todos. Sabemos que um bom relacionamento interpessoal precisa ser conquistado diariamente com atitudes, na maioria das vezes, muito simples. Palavras mágicas como “por favor”, “muito obrigado(a)”, “com licença”, “desculpe-me” facilitam muito esta conquista quando praticadas sempre.
Há pessoas que se consideram bem educadas, mas não sabem usar estas palavras com efeito mágico. Nota-se o  “esquecimento” frequente do “por favor” ao pedir qualquer coisa. A falta de uso da palavra “desculpe-me” tem se tornado tão frequente a ponto de chamar atenção quando ela é pronunciada. Sem ela, infelizmente muitas amizades se desfazem sem nem sequer a pessoa que esqueceu de dizê-la perceba o quanto ela fez falta. O mesmo acontece com o  “muito obrigado(a)”. Receber algo e não perceber o valor do ato de agradecer é o mesmo que não valorizar o que recebeu. Muitas distâncias passam a existir com a falta destas palavras. A convivência torna-se difícil ou até mesmo desagradável.
A boa educação ou a ausência dela é percebida e também impactam durante uma apresentação em público, tanto na plateia quanto no palestrante.  Hoje, com a facilidade em encontrar respostas no Google durante uma aula, por exemplo, alguns alunos desafiam o professor, deixando de valorizar sua experiência e seu ponto de vista em relação a um determinado tema. A falta de cortesia em questionar ou perguntar gera um sentimento muito negativo em quem presencia. Do mesmo modo, a  mesma pessoa que esquece de usar as palavras “por favor” e “muito obrigado(a)” no dia a dia também irá esquecer de  usá-las durante uma apresentação. Estas palavras simbolizam, no fundo, a nossa atenção com quem convivemos.
Reforço a ideia de que para falarmos bem em público não existe treinamento melhor do que a prática de boas técnicas e a adoção de bons hábitos que nos ajudem a ter a atitude correta em nossas vidas, no cotidiano. Para isto, temos que desenvolver a atenção, a autopercepção e sobretudo alinhar pensamentos, ações e palavras. Por meio da comunicação é possível expressarmos claramente quem somos, como vivemos, o que sentimos, o que sabemos e em que acreditamos, pois as ações e as palavras refletem nossos pensamentos. Como é agradável ver alguém se expressando bem e ao mesmo transmitindo a sensação de que está de bem com a vida! É mais do que falar ‘’bonito’’, é se comunicar!!!
Pense nisto!  Pratique nosso conceito:“Fale Bem, Viva Melhor”!
Fonte: http://www.companhiadafala.com.br 

Portal Teologia & Missões

About Portal Teologia & Missões -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :