quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Portal Teologia & Missões

*Sincero, mas Errado / Martyn Lloyd-Jones

Sincero, mas Errado

É um livro excepcional. Embora sua primeira publicação seja datada de 1951, sua mensagem mostra-se tão relevante agora como o era há décadas, e talvez seja muito mais significativa para nós hoje.

A idéia central deste livro é que algo está fundamentalmente errado com o homem moderno. Apesar do acentuado progresso na ciência, na educação e na medicina, apesar das muitas leis novas e da grande prosperidade material, a vida moderna tem sido assolada por uma ininterrupta e irrestrita crise moral e espiritual.


De acordo com Lloyd-Jones, esta crise originou-se de um profundo engano quanto à compreensão daquilo que o homem realmente é. "Vemos", escreve Lloyd-Jones, "que a idéia moderna e popular sobre o homem e sua natureza afasta-se radicalmente do ponto de vista bíblico e cristão... A idéia moderna acerca do homem talvez poderia ser melhor descrita como o culto da auto-expressão, sendo um conceito que tem permeado e influenciado quase cada aspecto da vida".


Ao usar as palavras "culto da auto-expressão", Lloyd-Jones se refere àquilo que, em nossos dias, seria descrito como auto-realização, auto-satisfação, busca do prazer pessoal, a mentalidade do tipo "faça aquilo que lhe agrada" ou coisa semelhante.É interessante notar quão pouca mudança tem havido nestas últimas décadas, ao ponto de o culto da "auto-satisfação", que era tão contemporâneo há quarenta anos, manifestar-se outra vez em nossos dias, como se fosse uma idéia nova. De fato, tal culto é um engano que retrocede ao início da raça humana — oferecido pela serpente, no jardim do Éden, mas reencarnado atualmente na religião da psicologia secular e de ideologias análogas.


O homem moderno tem crido na antiga mentira de Satanás.Por causa disso, encontra-se irremediavelmente perdido. As conseqüências, observa Lloyd-Jones, são vistas no "incremento da delinqüência juvenil, do jogo e do alcoolismo, da imoralidade e também da infidelidade matrimonial... De fato, os resultados podem ser averiguados no rebaixamento geral do tom moral e do nível devida na maioria dos países, na mania pelo sexo, na tendência crescente dos homens viverem apenas para os prazeres e para o que é superficial.


O mundo moderno se acha desesperadamente enfermo,e talvez os seres humanos se sintam mais infelizes hoje do que em épocas passadas". E, se isso era verdadeiro em décadas passadas,quanto mais hoje. "Só existe uma cura para os males humanos",escreve Lloyd-Jones. O grande problema do homem, tanto hoje quanto na eternidade, é o seu relacionamento com Deus, que é eterno, imutável e absoluto. A cura definitiva é encontrada em nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.


Portanto, Lloyd-Jones finaliza o livro com esta afirmação comovente: Cristo continua sendo a única esperança para cada um dos homens; a única esperança para o mundo inteiro. O evangelho ainda é relevante? Sua antiga mensagem continua adequada? A resposta é que somente o evangelho é relevante. Somente ele pode cuidar dos problemas do homem e dar-lhes solução.


A mensagem de Lloyd-Jones não se desgastou com o passar dos anos. Mais do que isso, ele dirige-se à nossa geração como uma voz profética ecoando do passado. Com penetrante percepção a respeito de nossa própria situação, Lloyd-Jones nos leva de volta à eterna verdade do evangelho — a verdade imutável.


Lane T. Dennis, Phd

Portal Teologia & Missões

About Portal Teologia & Missões -

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :