"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



quarta-feira, 4 de maio de 2011

* Calvinismo / Definição


O QUE É O CALVINISMO? É BÍBLICO? QUAIS SÃO OS CINCO PONTOS DO CALVINISMO?

Pergunta: "O que é o Calvinismo? É bíblico? Quais são os cinco pontos do Calvinismo?"

Resposta:Os cinco pontos do Calvinismo podem ser resumidos pelo acrônimo TULIP, referente às iniciais dos pontos em inglês. Eles são a depravação total, a eleição incondicional, a expiação limitada, a graça irresistível e a perseverança dos santos. Aqui estão as definições e referências bíblicas que os calvinistas usam para defender as suas crenças:

Depravação Total - Como resultado da queda de Adão, toda a raça humana é afetada; toda a humanidade encontra-se morta em delitos e pecados. O homem é incapaz de salvar a si mesmo (Gênesis 6:5; Jeremias 17:9, Romanos 3:10-18).

Eleição Incondicional - Porque o homem é morto no pecado, ele é incapaz de iniciar uma resposta a Deus, portanto, na eternidade passada Deus elegeu certas pessoas para a salvação. A eleição e predestinação são incondicionais, ou seja, não se baseiam na resposta do homem (Romanos 8:29-30; 9:11, Efésios 1:4-6, 11-12) porque o homem é incapaz de responder e nem quer.

Expiação Limitada - Porque Deus determinou que certas pessoas seriam salvas como resultado da eleição incondicional de Deus, Ele determinou que Cristo morreria apenas pelos eleitos. Todos a quem Deus elegeu e por quem Cristo morreu serão salvos (Mateus 1:21, João 10:11; 17:09, Atos 20:28, Romanos 8:32, Efésios 5:25).

Graça Irresistível - Aqueles a quem Deus elegeu Ele chama a si mesmo através da graça irresistível. Deus torna o homem disposto a se aproximar dEle. Quando Deus chama, o homem responde (João 6:37, 44; 10:16).

Perseverança dos Santos – Aqueles exatamente a quem Deus elegeu e atraiu a Sim mesmo através do Espírito Santo irão perseverar na fé. Nenhum dos que Deus escolheu serão perdidos; estão eternamente seguros (João 10:27-29, Romanos 8:29-30, Efésios 1:3-14).

Embora todas essas doutrinas tenham uma base bíblica, muitas pessoas rejeitam todas ou algumas delas. Os chamados "calvinistas de quatro pontos" aceitam a depravação total, eleição incondicional, graça irresistível e perseverança dos santos como doutrinas bíblicas. O homem é pecador e definitivamente incapaz de acreditar em Deus por conta própria. Deus elege pessoas com base apenas na Sua vontade - a eleição não é baseada em qualquer mérito na pessoa escolhida. Todos aqueles a quem Deus escolheu virão à fé. Todos aqueles que são verdadeiramente nascidos de novo irão perseverar na fé. 


 Quanto à expiação, no entanto, os calvinistas de quatro pontos creem que a expiação seja ilimitada, argumentando que Jesus morreu pelos pecados de todo o mundo, não só pelos pecados dos eleitos. "E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo" (1 João 2:2). Outros versículos em oposição à expiação limitada são João 1:29, 3:16, 1 Timóteo 2:6 e 2 Pedro 2:1.

Os calvinistas de cinco pontos, no entanto, têm problemas com o Calvinismo de quatro pontos. Primeiro, eles argumentam que se a depravação total for verdadeira, então a expiação ilimitada não pode ser verdade porque, se Jesus morreu pelos pecados de cada pessoa, então se ou não a Sua morte é aplicável a um indivíduo depende em se essa pessoa "aceita" a Cristo ou não. Entretanto, com base na descrição acima da depravação total, o homem em seu estado natural não tem nenhuma capacidade de escolher a Deus, e nem quer. Além disso, se a expiação ilimitada for verdadeira, então o inferno está cheio de pessoas por quem Cristo morreu. 


 Ele derramou o Seu sangue em vão por elas. Para o calvinista de cinco pontos, isso é impensável. Atenção: este artigo é apenas um breve resumo dos cinco pontos do calvinismo. Para uma análise mais aprofundada, por favor visite as seguintes páginas: depravação total, eleição incondicional, expiação limitada, graça irresistível e perseverança dos santos.





Um comentário:

  1. Olá! Atamos nossa parceria e já estou disponibilizando o seu link no meu blog: www.odeuscontemporaneo.blogspot.com Gostaria que você fizesse o mesmo se pudesse. Grande Abraço, Deus abençoe!

    ResponderExcluir

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo