"AO CONTRÁRIO DE MUITOS, NÃO NEGOCIAMOS A PALAVRA DE DEUS VISANDO A ALGUM LUCRO; ANTES, EM CRISTO FALAMOS DIANTE DE DEUS COM SINCERIDADE, COMO HOMENS ENVIADOS POR DEUS". 2 Coríntios 2. 17



quinta-feira, 2 de abril de 2009

*A Mensagem do Monte Moriá

A MENSAGEM DO MONTE MORIÁ

Você já ouviu a história de Abraão? Com certeza sim, mas eu acho que você como eu passou por ela sem dar muita atenção e nem reparou nos detalhes e nas pistas que Deus deixou para a vinda de Cristo, como a história de Entrega e de Perdão foi desenrolada la no Monte Moriá e como semelhantemente foi descrita na Cruz.

Vamos dar uma Breve recapitulada:

Abrão, servo fiel à Deus, era um grande pastor que muito prosperava, mas nessa fartura toda havia um porém, apesar de ter muitas posses e terras, sua mulher Sarai não podia gerar filhos, não podia lhe dar o bem que era mais precioso naquela época, filhos, descendentes que pudessem levar seu nome e sua semente à frente ( notemos que hoje os padrões mudaram e a pessoas nem filhos desejam ter mais), Abrão era fiel, servo temeroso, e não recebia a vitória enquanto outros que adoravam outros deuses e ídolos tinham vários filhos, e com toda essa pressão você acha que Abrão murmurou ? Não! Ele chorou, blasfemou ? Também não! Ele colocou sua vida na mão de Deus, confiou e esperou, muitas vezes diante de um problema a gente se esquece que tem um Deus que tudo pode e conhece, que sabe das nossas necessidades e que tem o tempo exato para nos dar a vitória ( leia O Tempo de Deus).

Sendo Abrão servo fiel que amava a Deus, Deus fez uma promessa à Ele, disse que dele sairia uma grande nação, e disse mais que a partir daquele dia seu nome não seria mais Abrão e sim Abraão, o nome que nós conhecemos, que significa Pai das Nações. E Abraão gerou dois filhos Ismael e Isaque, Ismael era filho de Agar serva de Sara sua mulher ( nome que Deus deu a Sarai quando lhe fez a promessa de abrir sua madre ), e Isaque era o milagre de Deus filho de sua mulher estéril e que havia sido gerado quando Abraão tinha 100 anos de idade, surpreendente não.

É ai que começa a verdadeira mensagem, quando Isaque, o milagre de Deus na vida de Abraão, tinha 16 anos e tudo parecia correr bem para a promessa que Deus havia feito, Deus vem a Abraão e diz para o mesmo sacrificar seu filho no monte em que ele ordenasse, antigamente o sacrifício de animais puros sem mancha, era o meio do Homem pedir perdão a Deus pelos seus pecados, porém Deus não havia pedido o sacrifício de um animal mas sim do próprio filho de Abraão, e a partir dali toda a promessa que Deus havia feito a Abraão parecia terminar, pois seu filho Ismael havia ido embora com sua mãe Agar, e restara apenas Isaque o qual Deus pediu para ser sacrificado, quão difícil era essa decisão, sacrificar seu único filho, o herdeiro que levaria sua semente, e a promessa que Deus havia feito iria morrer ali junto com ele.

Deus nos prova naquilo que mais amamos, o dinheiro, o carro, a casa, a esposa, porém ele não quer ver seu mal, ou quer ver você blasfemar, mas quer te fazer forte e fiel, pois como diz a palavra, onde está o teu tesouro ali estará o teu coração, se você ama mais o dinheiro do que a Deus com certeza ali está o seu coração e não em Deus, Lembre-se da história do jovem Rico que disse a Jesus:

Mestre eu sigo todos os mandamentos, reparto tudo o que tenho e dou aos pobres, sou temente e verdadeiro o que mais faço para herdar o Reino de Deus ? E Jesus disse: Vende tudo o que tem e me segue, então o moço muito se entristeceu e foi embora porque ele tinha muitas posses, não seja como este jovem rico, pare um pouco agora antes de continuar essa leitura e pense onde está o teu tesouro?

Abraão não reclamou pois amava a Deus e sabia que na hora certa ele proveria uma solução, foram três dias de caminhada até o monte Moriá, três dias de puro sofrimento à Abraão, pois sabia que estava a caminho do holocausto do seu próprio filho, imagine a angustia desse Pai, imagine a dor de saber que a promessa estava para ir embora e sonhos para acabar em poucas horas; ao chegar no monte Isaque perguntou ao seu Pai, ” temos a lenha e o fogo, mas onde está o Cordeiro ? “, então Abraão respondeu : ” Deus proverá “, logo após a Bíblia relata que Abraão já está com seu filho amarrado, porém em momento nenhum menciona que Isaque se opôs ou lutou contra seu Pai, e ele com a lâmina alçada para imolá-lo foi impedido por Deus que mostra a Abraão um cordeiro que seria morto no lugar de seu filho! E aquele lugar foi chamado Moriá que significa Deus Proverá.

Abraão foi fiel a Deus e Deus o recompensou grandemente, muitos não entendem o por quê disso tudo, mas Deus já muito antes, queria mostrar a seu Povo como seria a redenção dos Pecados da Humanidade. Como assim ?

Como Abraão entregou seu filho para ser morto, Deus entregou o seu filho unigênito para morrer pelos nossos pecados, seu único filho, a dor que Abraão sentiu não se compara a dor nem um pouco ao sofrimento e o amor de Deus por nós, assim como Abraão amou a Deus a ponto de aceitar sacrificar seu filho, Deus nos amou, um amor incomparável e deu seu filho para morrer por nós.Três dias Abraão caminhou para o monte Moriá, três dias foi o tempo que Jesus ficou morto ( em tese ) até a ressurreição.

Note também que para Isaque não ser morto, um cordeiro puro sem pecados, sem manchas foi morto no lugar dele; foi assim também conosco, para que nós não morrêssemos e tivéssemos a redenção de nossos pecados o cordeiro sem pecado e sem manchas que é Jesus foi entregue em nosso lugar, e como o cordeiro salvou a vida de Isaque assim Jesus salvou a nossa vida, Deus desde o começo nos deu pistas de como nos salvaria, do quanto nos ama, para que nós pudéssemos entender a Salvação e Redenção pela cruz.

Deus perfeito, oniciente nos mostrou muito mesmo antes da vinda de Jesus como seria aqui na terra seu plano para a salvação do pecador, muitos duvidam, muitos dizem que Jesus nunca existiu, que é uma alegoria criada pelo ser humano, mas nós sabemos que ele é real, não se deixe levar pelos engôdos desse século, pelas várias formas que Satanás tenta aniquilar sua fé. Muitos dizem não acreditar em Deus, como podemos não acreditar naquilo que não conhecemos verdadeiramente.

Um certo dia desses eu trouxe para o serviço algumas ameixas, e então ofereci ao meu colega de trabalho, ele recusou e disse: ” " não gosto de ameixas “, bom, por mim tudo bem, fazer o que nem todos gostam de ameixas mesmo, mas um tempo depois ele voltou e disse ”Hoje comprei e comi várias ameixas e como são gostosas ” e respondi : ” mas você disse que não gostava ? “, foi então que descobri que meu colega havia dito que não gostava sem mesmo ter experimentado, é assim que acontece nos dias de hoje, muitos dizem não acreditar em Deus sem mesmo ter experimentado do seu poder, dizem que é ilusão mas não sabem e não sentiram que ele é real, e se você fala que conversa com Deus, que sente o toque do Espírito Santo, é taxado de louco; se você é um desses que falam sem conhecer experimente o Poder de Deus, para que então você decida se realmente é loucura como alguns dizem, mas eu te garanto que se você experimentar realmente o poder de Deus você não irá se arrepender, e como meu colega de trabalho vai querer mais e mais.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

E SE FOSSE VOCÊ?

E SE FOSSE VOCÊ?

Postagens populares

.

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!

DOUTOR DA IGREJA GREGA - MAIOR PREGADOR DA IGREJA PRIMITIVA - MESTRE DA RETÓRICA, DA HOMILÉTICA!
Você deseja honrar o corpo de Cristo? Não o ignore quando ele está nu. Não o homenageie no templo vestido com seda quando o negligencia do lado de fora, onde ele está malvestido e passando frio. Ele que disse "Este é o meu corpo" é o mesmo que diz "Tu me vistes faminto e não me destes comida" e «quantas vezes o fizestes a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes» (Mateus 25:40)... Que importa se a mesa eucarística está lotada de cálices de ouro quando seu irmão está morrendo de fome? Comeces satisfazendo a fome dele e, depois, com o que sobrar, poderás adornar também o altar.

João Crisóstomo, Comentário sobre Mateus

♛ Uma das características mais recorrentes das homilias de João Crisóstomo (347-407) é sua ênfase no cuidado com os necessitados. Ecoando temas do Evangelho de Mateus, ele exorta os ricos a abandonarem o materialismo para ajudar os pobres, empregando todas as suas habilidades retóricas para envergonhar os ricos e obrigá-los a abandonar o consumismo mais conspícuo:


“Honras de tal forma teus excrementos a ponto de recebê-los em vasilhas de prata quando outro homem criado à imagem de Deus está morrendo de frio?”


— João Crisóstomo